Hoje é Dia do Amigo.
Gosto tanto desse dia.
Amo tantos meus amigos.

Os individuais,os grupais,os sazonais.
Os de mais ,quase ou menos de uma década.
Ter amigos é o que faz a vida mais leve,
A caminhada mais interessante,
A recordação mais memorável.
A viagem mais incrível.
A gargalhada mais gostosa.
A foto mais engraçada.

Ter amigos as vezes dói,
Requer tempo ,energia,disposição.
Mas minha existência tem mais sentido quando sei que tenho gente para mandar “Loucos e Santos” do Wilde.
Que tenho amigos insatisfeitos para dividir as minhas indignações.
Que reconhecem suas limitações,sabem das minhas e mesmo assim decidem manter a relação.

É incrível ter amigos para festar,mas é fundamental também ter aqueles que sabem o que eu quero antes de eu falar.
É incrível poder contar minhas histórias (que são tantas),mas fundamental mesmo é ter ombro pra lamentar as minhas derrotas (que também são tantas).
Incrível são os que dançam “foge mulher maravilha” ,que cantam a plenos pulmões qualquer hit dos anos 90 e que curtem um show do SPC.
Para ser meu amigo tem que ter alguma coisa de espontâneo,tem que ter alguma coisa de povo.

Me orgulho de ter amigos que mergulham na complexidade de si mesmos.
Eles voltam para a superfície com mil e uma coisas para me ensinar.
Admiro amigos que refletem sobre os problemas olhando para dentro de si mesmos,ao invés de culpabilizar um “outro”.
Me orgulho dos amigos resilientes,com limão fazem limonada e caipirinha.
Me orgulho dos amigos irmãos que estão distantes…
Vez ou outra choro de saudades,mas que felicidade poder te-los .

Meus amigos podem ser diferentes,radicalmente diferentes.Me orgulho de ter esses.
Mas os que são iguais,adoravelmente iguais, são a calmaria.

A nobreza de uma grande amizade é o tipo de sentimento que não abro mão de ter.
Aos amigos,aos que foram,aos que ainda são e aos que serão:Feliz Dia.