Os momentos Ellen existem em qualquer lugar,portanto seguirei momenteando.

Hoje escrevi algumas linhas sobre esse dia tão cheio de energia:

O Dia das Crianças!!!!

Elas não são uma gracinha? São tão pequeninas e tão incansáveis!Como ainda estão passando pelo processo civilizador elas sempre veiculam aquilo que os pais comentam em casa mas nunca falariam em público:
“Mãe,é essa a Solange que come de boca aberta? –beliscão.
Ai mãe, porque você esta me beliscando?”.
 As privilegiadas que tem direito a infância geralmente não tem a mínima idéia de como o mundo realmente é. Quando descobrem que não vai dar para ser uma estrela do rock viram adolescentes rebeldes.A difícil missão que levamos para o resto da vida é fazer a síntese da imaginação livre e desenfreada da infância com o senso de realidade que começamos experimentar na adolescência.(In)felizmente não podemos “fazer” o Peter pan e não querer crescer,até porque as contas estão amontoadas na cabeceira da cama.No entanto ninguém disse que precisa parar de sonhar,criar,dançar, brincar e se divertir para paga-las.Quando eu ouço “ai gente,temos que despertar a criança interior” penso: Querido, ela SEMPRE esteve aqui!Numa versão um pouco amadurecida e muito mais esperta!